quinta-feira, 18 de setembro de 2014

As mulheres merecem mais

Todas as mulheres merecem um homem que tenha uma coisa clara na cabeça: fazer a vontade de Deus. Tem paciência e espera o rapaz que possa e queira amar-te com pureza e te aproxime de Deus. Não te conformes com menos. Podes até pensar “Ah… sim… claro, e onde é eu vou encontrar um homem assim? É melhor esperar bem sentadinha".

Põe o assunto nas mãos de Deus, dá um tempo para dar-te a Deus, entregar-te e ajudar na construção de Seu reino… e deixa que Ele se preocupe por construir o teu. Com demasiada frequência as pessoas estão tão preocupadas por encontrar o homem ou a mulher dos seus sonhos que perdem a oportunidade de servir a Deus no seu tempo de solteiros. A tua tarefa é dar a Deus esse teu “estar disponível”, o ser solteiro. Mantém o teu olhar fixo Nele muito mais que em quem poderá chegar num futuro próximo.

Creio e testemunhei que os casamentos mais fortes e felizes são aqueles em que tanto o homem como a mulher aproveitaram o dom de ser solteiro antes de casarem. Muitas vezes, não aceitamos este dom de ser solteiro porque estamos esperando ansiosamente o dom do matrimónio, ou o tentar manter uma relação que não tem futuro. Como disse São Paulo “aprendi a contentar-me com o que tenho”. Se uma pessoa não aprende a contentar-se com o que tem agora, então quando estiver casada, pode ser que deseje estar solteira ainda. Depois de tudo, o matrimónio não te muda interiormente, continuas a ser a mesma pessoa.

Tudo isto porque se uma mulher é feliz interiormente, então também é mais atractiva. De facto, a esposa ideal de que a Bíblia fala “reveste-se de força e dignidade e não se preocupa com o amanhã”. Ela espera um futuro com gozo e esperança, confiando na bondade de Deus.

Antes de poder estar felizmente casado, devemos aprender a arte de estar felizmente solteiro. De esta maneira, a nossa felicidade não depende de o que ocorre fora de nós mas do que surge desde uma felicidade interior. Em palavras de Santa Teresa de Lisieux, “enquanto mais contentes estiverem por ser conforme a Sua vontade, mais perfeitos serão”.

Uma vez perguntei a uma Missionária da Caridade se por acaso ela estava contente na cidade em que a tinham colocado, a milhares de quilómetros da sua casa. Ela respondeu-me: “em qualquer parte, seja onde for que Jesus me queira, é aí que eu vou estar feliz”. Este testemunho também nos chega a nós; aprende a encontrar a tua alegria confiando em Deus. E se chegas a casar, pode suceder que não voltes a ter a oportunidade de servir a Deus tão inteiramente.

O melhor marido e o melhor pai é aquele que em rapaz que tem o coração feito de uma só peça, inteiro, e por inteiro se dirige para Deus. Então sejam ambos, rapariga e rapaz, do mesmo tipo de pessoa. Se queres encontrar um homem de Deus, sê tu própria uma mulher de Deus. Porque, a final de contas, os homens virtuosos procuram as raparigas virtuosas. Pensa bem em todas as características que procuras num marido – que seja fiel, amoroso, apaixonado, considerado, respeitoso, inocente mas forte, etc. E agora faz a pergunta a ti mesma: “Do modo como vivo e como me comporto, mereço um rapaz assim?”

Todos cometemos erros, mas também todos podemos ser capazes de corrigir os nossos erros e viver uma vida cheia de virtudes.

À medida que vais crescendo na virtude, isso terá um impacto enorme nos rapazes. Muitas raparigas chegam a desesperar pelo género de rapazes que vão conhecendo durante a sua adolescência e juventude e às vezes dão-se por vencidas e conformam-se com menos do que desejariam. Mas deves saber que em grande medida está nas tuas mãos o carácter dos homens que tu atrais. Com efeito, como já disse uma mulher: “Ele será tão perfeito quanto ela o queira.” 

É um facto que os homens têm naturalmente o desejo de agradar às mulheres. E é um facto que uma rapariga que tenha elevados padrões de moral irá atrair rapazes que estejam dispostos a cumpri-los. Se um rapaz quer mesmo desfrutar da companhia de uma rapariga não terá qualquer problema em comportar-se como um verdadeiro homem. Se uma mulher disser que isto não é ser realista, então vai mesmo acontecer como ela disser, cumpre-se a sua própria profecia! E viverá frustrada com as suas relações e a conformar-se com muito menos do que na realidade queria e poderia ter, se fosse mais exigente e coerente na atitude.

Que bom seria se as raparigas se apercebessem da importância que têm para ajudar os rapazes a tornarem-se verdadeiros homens!

Põe o teu padrão de exigência bem alto. Procura um rapaz que tome a iniciativa de dar orientações sãs para a relação. Imagina como seria se todas as raparigas se decidissem a fazer isto. Decerto que muitas não teriam com quem sair no fim de semana seguinte, mas os rapazes não tardariam a captar a mensagem que as raparigas falam a sério quando dizem que querem ser amadas de verdade. E os rapazes depressa ganhariam inspiração para chegar a merecer uma verdadeira mulher.

Enquanto isso, reza pelo teu futuro marido, ou pela tua futura mulher e reza pelo são discernimento da tua vocação. Certo dia li uma coisa a respeito de uma rapariga de 15 anos que me tocou imenso: ela tinha tido um pressentimento de que precisava de rezar pelo seu futuro marido, numa noite de Dezembro. Anos mais tarde, conheceu um rapaz por quem se apaixonou, e ele por ela, e quando ela lhe contou que nessa noite de Dezembro ela tinha rezado por ele, ainda sem o conhecer, o seu futuro marido combatia numa guerra cruel, e foi o único sobrevivente de um tiroteio, de todo o seu pelotão. Deus escuta de verdade as nossas orações.

Fica em paz, sabendo que os anseios do teu coração são ocupações de Deus quando lhos entregas. O Deus que formou e mantém o universo, e que é nosso Pai, ocupa-se de cada coisa, por mais pequena que seja, dos seus filhos.

Jason Evert in Pure Love


blogger

1 comentário:

Anónimo disse...


Gostei muito e aplaudo.Continuem...