quarta-feira, 11 de março de 2015

O segredo do sucesso da Nutella é Nossa Senhora de Lourdes

Após alguns meses doente, contando já com 89 anos de idade, morreu Michele Ferrero, o pai da Nutella. Foi também responsável pelo aparecimento de outras marcas conhecidas, como: Mon Cheri, Kinder, Ferrero Rocher, Fiesta, Pocket Coffee e de todos os produtos que saíram da empresa Ferrero, fundada por si próprio em Alba no ano de 1946.

Como disse Michele Ferrero, nas celebrações dos 50 anos do início da sua empresa: “O sucesso da Ferrero é devido a Nossa Senhora de Lourdes, sem Ela pouco podemos fazer”. E de facto encontrava-se uma estátua de Nossa Senhora em cada um dos estabelecimentos do grupo, espalhados pelo mundo inteiro.

Michele Ferrero era a pessoa mais rica de Itália, com um património avaliado em 26,8 mil milhões de dólares, e um homem com uma grande fé. Teve uma vida longe dos holofotes e da fama. Todos os anos ia em peregrinação a Lourdes, levando consigo o executivo mais importante na empresa, e organizava a visita ao santuário francês também para os seus empregados.

Construiu o seu império valorizando o melhor de Itália, com produtos de qualidade e capacidade de inovação. Mas o seu talento principal consistia em saber motivar os colaboradores e ter uma especial atenção para com todos, valorizando-os. (in Il Goirnale, 15 de Fevereiro de 2015)

“A minha única preocupação, disse uma vez, é que a empresa seja cada vez mais sólida e forte para garantir um emprego seguro a todos os que lá trabalham. (in La Stampa, 25 de Junho de 2006)

Sob o seu comando, a empresa da Nutella tornou-se um dos principais grupos de doçaria a nível mundial, presente em 53 países, com mais de 34 mil trabalhadores, 20 unidades produtivas e 9 unidades agrícolas. Por vontade sua, nasceu em 1983 a Fundação Ferrero, que, além de se ocupar dos ex-trabalhadores, promove iniciativas culturais e artísticas, com o lema “Trabalhar, criar, doar”. (in Avvenire, 15 de Fevereiro de 2015)

in Aleteia


blogger