quarta-feira, 17 de junho de 2015

Eis o Coração que tanto amou os homens

 Sagrado Coração de Jesus, Pompeo Batoni
Igreja do Gesù - Roma
Há 340 anos, Jesus apareceu a Santa Margarida Maria Alacoque (+1683). 

O Seu Coração estava rodeado por chamas de amor, coroado de espinhos, com uma ferida aberta da qual brotava sangue e, do Seu interior, saía uma luz. 

Disse então Jesus a Santa Margarida Maria:

"Eis o Coração que tanto amou os homens, que nunca se poupou, até se esgotar e se consumir para lhes demonstrar o Seu amor. 

E como reconhecimento eu só recebo da maior parte dos homens ingratidões, pelas suas irreverências e seus sacrilégios, e pelas friezas e os desprezos que têm para comigo neste sacramento de amor (Eucaristia). 

Mas aquilo que ainda é para mim mais doloroso é que são corações que me são consagrados que me tratam assim."

Jesus a Santa Margarida Maria Alacoque (16 de Junho de 1675)


blogger

Sem comentários: