quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Como começou a comunhão na mão - D. Athanasius Schneider

Nas primeiras comunidades luteranas, recebia-se a Comunhão na boca e de joelhos, uma vez que Lutero não negava a presença real. Pelo contrário, Zwingli, Calvino e os seus sucessores, que negavam a presença real, introduziram, ainda no século XVI, a comunhão na mão e de pé: “Estar de pé e movendo-se, para receber a Comunhão, era hábito”. 

Uma prática semelhante observava-se na comunidade de Calvino em Genebra: “Era hábito mover-se e estar de pé, para receber a Comunhão. A gente estava de pé diante da mesa e recebia as espécies com as suas próprias mãos”. Alguns sínodos da Igreja calvinista da Holanda, nos séculos XVI a XVII, estabeleceram formais proibições de receber a Comunhão de joelhos: “Nos primeiros tempos, a gente ajoelhava-se durante a oração e recebia a Comunhão ainda ajoelhada, mas alguns sínodos proibiram-no, para evitar toda a hipótese de que o pão pudesse ser venerado”.

D. Athanasius Schneider in Dominus Est

Nota - Este livro encontra-se disponível de forma gratuita aqui: Dominus Est (É o Senhor)


blogger

1 comentário:

Anónimo disse...

SIM, IRMÃOS EM CRISTO ! "AO NOME DE JESUS, TODO JOELHO SE DOBRARÁ....E TODA LÍNGUA PROCLAMARÁ QUE JESUS CRISTO É O SENHOR ! QUEM DERA, MEUS IRMÃOS, QUE TODO O CLERO RESPEITASSE VERDADEIRAMENTE A PRESENÇA DO SENHOR NA EUCARISTIA ! PAZ AOS CORAÇÕES !