sexta-feira, 1 de julho de 2016

Ladainha do Preciosíssimo Sangue de Jesus

Senhor, tende piedade de nós.   Kyrie, eleison. 
Jesus Cristo, tende piedade de nós.  Christe, eleison.    
Senhor, tende piedade de nós.    Kyrie, eleison. 
Jesus Cristo, ouvi-nos. Christe, audi nos. 
Jesus Cristo, atendei-nos. Christe, exaudi nos.
Pai dos Céus que sois Deus, tende piedade de nós. Pater de caelis, Deus, miserere nobis. 
Filho Redentor do mundo que sois Deus, tende piedade de nós. Fili, Redemptor mundi, Deus, miserere nobis. 
Espírito Santo que sois Deus, tende piedade de nós. Spiritus Sancte, Deus, miserere nobis. 
Santíssima Trindade que sois um só Deus, tende piedade de nós. Sancta Trinitas, unus Deus, miserere nobis. 
Sangue de Cristo, Unigénito do Pai Eterno, salvai-nos. Sanguis Christi, Unigeniti Patris aeterni, salva nos. 
Sangue de Cristo, Verbo de Deus Encarnado, salvai-nos. Sanguis Christi, Verbi Dei incarnati, salva nos. 
Sangue de Cristo, do Novo e Eterno Testamento, salvai-nos. Sanguis Christi, Novi et Aeterni Testamenti, salva nos. 
Sangue de Cristo, a correr na agonia sobre a terra, salvai-nos. Sanguis Christi, in agonia decurrens in terram, salva nos. 
Sangue de Cristo, a verter na flagelação, salvai-nos. Sanguis Christi, in flagellatione profluens, salva nos. 
Sangue de Cristo, a emanar na coroação de espinhos, salvai-nos. Sanguis Christi, in coronatione spinarum emanans, salva nos. 
Sangue de Cristo, derramado na Cruz, salvai-nos. Sanguis Christi, in Cruce effusus, salva nos. 
Sangue de Cristo, preço da nossa Salvação, salvai-nos. Sanguis Christi, pretium nostrae salutis, salva nos. 
Sangue de Cristo, sem o qual não há remissão, salvai-nos. Sanguis Christi, sine quo non fit remissio, salva nos. 
Sangue de Cristo, bebida  Sanguis Christi, in Eucharistia 
e purificação das almas na Eucaristia, salvai-nos. potus et lavacrum animarum, salva nos. 
Sangue de Cristo, manancial de misericórdia, salvai-nos. Sanguis Christi, flumen misericordiae, salva nos. 
Sangue de Cristo, vencedor dos demónios, salvai-nos. Sanguis Christi, victor daemonum, salva nos. 
Sangue de Cristo, fortaleza dos mártires, salvai-nos. Sanguis Christi, fortitudo martyrum, salva nos. 
Sangue de Cristo, força dos confessores, salvai-nos. Sanguis Christi, virtus confessorum, salva nos. 
Sangue de Cristo, fonte de virgindade, salvai-nos. Sanguis Christi, germinans virgines, salva nos. 
Sangue de Cristo, conforto dos que estão em perigo, salvai-nos. Sanguis Christi, robur periclitantium, salva nos. 
Sangue de Cristo, alívio dos que sofrem, salvai-nos. Sanguis Christi, levamen laborantium, salva nos. 
Sangue de Cristo, consolo das nossas lágrimas, salvai-nos. Sanguis Christi, in fletu solatium, salva nos. 
Sangue de Cristo, esperança dos penitentes, salvai-nos. Sanguis Christi, spes poenitentium, salva nos. 
Sangue de Cristo, consolação dos agonizantes, salvai-nos. Sanguis Christi, solamen morientium, salva nos. 
Sangue de Cristo, paz e doçura dos corações, salvai-nos. Sanguis Christi, pax et dulcedo cordium, salva nos. 
Sangue de Cristo, penhor de vida eterna, salvai-nos. Sanguis Christi, pignus vitae aeternae, salva nos. 
Sangue de Cristo, que libertais as almas do Purgatório, salvai-nos. Sanguis Christi, animas liberans de lacu Purgatorii, salva nos. 
Sangue de Cristo, digníssimo de toda a honra e glória, salvai-nos. Sanguis Christi, omni gloria et honore dignissimus, salva nos. 
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos Senhor. Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, parce nobis, Domine. 
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos Senhor. Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, exaudi nos, Domine. 
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós. Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, miserere nobis, Domine. 
R.: Remiste-nos, Senhor, com o vosso Sangue. V. redimisti nos, Domine, in sanguine tuo. 
V.: E fizestes de nós um reino para o nosso Deus. R. Et fecisti nos Deo nostro regnum. 
Oremos: Oremus:
Deus Todo-Poderoso e Eterno,  Omnipotens sempiterne Deus, 
que constituístes o Vosso Filho Unigénito Filho Redentor do mundo, qui unigenitum Filium tuum mundi Redemptorem constituisti,
e quisestes ser aplacado com o seu Sangue,  ac eius sanguine placari voluisti,
concedei-nos a graça de venerar o preço da nossa salvação,  concede, quaesumus, salutis nostrae pretium ita venerari,
e de encontrar, na virtude que Ele contém,  atque a praesentis vitae malis eius virtute defendi in terris,
defesa contra os males da vida presente, ut fructu perpetuo laetemur in caelis.
de tal modo que eternamente gozemos dos seus frutos no Céu.  Per eundem Christum Dominum nostrum. Amen. 
Pelo mesmo Cristo, Senhor nosso. Ámen.


blogger

2 comentários:

Anónimo disse...

Sou devoto do Sangue de Jesus. Costumo rezar um terço do Sangue de Jesus, de autoria de um monge carismático: Dom Cipriano Chagas, OSB. O terço se chama "terço da vitória pelo Sangue de Jesus". Recomendo essa oração também.

Anónimo disse...

Gostaria de partilhar uma oração de libertação.

Oração de Libertação Por Uma Cidade
Em nome de Jesus Cristo, nós vos pedimos, ó Pai, que liberteis a nossa cidade de todo mal.
De todo pecado que foi cometido até hoje, inclusive dos pecados daqueles que vieram antes de nós neste lugar (nesta cidade).
Em nome de Jesus Cristo, que por sua morte e ressurreição, derrotou o reino das trevas, que cada um e todos se afastem do mal: nossa família, nossos vizinhos, nossos amigos, companheiros de trabalho e escola, irmãos biológicos e espirituais.
Em nome de Jesus Cristo, que todo agente do mal seja impedido de perturbar a vida de nossa cidade, o nosso trabalho temporal e espiritual, os nossos negócios e estudos, a nossa saúde e as nossas finanças e tudo mais em nossas vidas agora e para sempre.
Em nome de Jesus Cristo, que todos os espíritos que perturbam a nossa cidade permaneçam amarrados com correntes inquebráveis e sejam lançados aos pés de Nosso Senhor Jesus Cristo, de modo que Ele os envie aonde eles devem estar.
Que o poder do Sangue de nosso amantíssimo Senhor Jesus Cristo, cubra a nossa cidade e nossos lares, suas ruas e becos.
Que uma legião de anjos acolha aqueles que na cidade morreram sem amor, que foram assassinados ou cometeram suicídio, ou morreram de ansiedade, medo ou de qualquer forma de distúrbio.
Pai, perdoai-os, libertai-os, a fim de que eles possam contemplar a vossa Imagem no Céu e que o Vosso Espírito Santo, inunde nossos lares, nossos lugares de trabalho, nossas ruas, nossas praças e parques, levando a conversão a Deus, a paz e a felicidade de vivermos como filhos de Deus.
------------------------------------------------------------------------------
Explicação sobre a origem dessa oração
A cada semana, todas as terças-feiras à noite, uma missa é rezada fora do perímetro urbano da cidade de Juarez (em Anapra), no México, por aqueles que sofrem em decorrência de crimes violentos diariamente. Essa oração é rezada na missa a fim de compartilharmos na fé e na solidariedade com os habitantes da cidade. Nos períodos em que escurece mais cedo, a missa não é rezada fora da cidade por questões de segurança.