segunda-feira, 19 de setembro de 2016

O apelo de Nossa Senhora de La Salette (1846)

Eu dirijo um apelo urgente à Terra. Apelo aos verdadeiros discípulos do Deus vivo que reina nos Céus. Apelo aos verdadeiros imitadores de Jesus Cristo feito homem, o único e verdadeiro Salvador dos homens.

Apelo aos meus filhos, meus verdadeiros devotos, aqueles que se deram a mim para que eu os conduza ao meu Divino Filho, aqueles que levo, por assim dizer nos meus braços, aqueles que viveram de acordo com o meu espírito.

Enfim, apelo aos Apóstolos dos Últimos Tempos, aos fiéis discípulos de Jesus Cristo que viveram no desprezo do mundo e de si mesmos, na pobreza e na humildade, no desprezo e no silêncio, na oração e na mortificação, na castidade e na união com Deus, no sofrimento e desconhecidos do mundo. É chegado o tempo para que eles saiam e venham iluminar a Terra. Ide e mostrai-vos como meus filhos amados. 

Estou convosco e em vós, contanto que a vossa fé seja a luz que vos ilumina nestes dias de desgraças. Que o vosso zelo vos faça como que sedentos da glória e honra de Jesus Cristo. Combatei, filhos da luz, pequeno número que isto vedes, pois aí está o tempo dos tempos, o fim dos fins.

René Laurentin in 'Michel CortevilleDécouverte du Secret de La Salette. Au-delà des polémiques, la vérité sur l'apparition et ses voyants', Fayard, Paris, 2002


blogger

Sem comentários: