terça-feira, 13 de março de 2018

Um cristão pode utilizar o eneagrama? Padre Duarte Sousa Lara responde

Um cristão pode utilizar o eneagrama? É melhor não. O eneagrama é um modelo de estudo da personalidade que agrupa os diferentes caráteres em nove (εννέα) tipos. Do ponto de vista científico, ainda não existe nenhum consenso acerca da sua validade entre os vários estudiosos. 

Do ponto de vista da fé, apresenta-se como uma prática que induz ao gnosticismo, ou seja, a procurar a salvação no conhecimento, e nesta linha foi criticado abertamente num documento do Pontifício Conselho para a Cultura, em que se afirmava que: 

"[A] gnose nunca se retirou completamente do terreno do cristianismo, mas sempre conviveu com este, às vezes sob a forma de corrente filosófica, mais frequentemente com modalidades religiosas ou pararreligiosas, em convicto, se não mesmo em declarado, contraste com aquilo que é essencialmente cristão. Pode ver-se um exemplo disto no eneagrama, o instrumento para a análise do caráter segundo nove tipos, o qual, quando vem utilizado como meio de crescimento espiritual, introduz ambiguidade na doutrina e na vida da fé cristã." (1)

Padre Duarte Sousa Lara in 'Demónio, exorcismo e oração de libertação em 40 questões'

(1) O documento do Pontifício Conselho para a Cultura pode ser lido aqui (em inglês): Uma reflexão cristã sobre o 'New Age'


blogger

10 comentários:

margarida disse...

Agradeço este artigo. Tenho muita consideração pelo Reverendo Padre Sousa Lara. Mas gostaria de entender melhor os motivos desta desconfiança em relação ao eneagrama.

Tendo em consideração que:
- A graça constrói sobre a natureza.
- Cada ser humano foi criado por Deus como ser único e irrepetível.

Todos nós já constatámos que existem pessoas com personalidades semelhantes. Santa Teresinha do Menino Jesus é parecida com São João evangelista e São José Maria Escrivá tem uma personalidade mais parecida com São Paulo.

Conhecer-se a si próprio parece-me importante para crescer em santidade e entender qual a Missão que Deus tem para cada um de nós.

Por outro lado, já vi efeitos negativos no eneagrama: manipular pessoas, julgar as pessoas pelo seu número, deixar de apreciar as qualidades dos outros porque passamos a ter um certo cinismo: "é natural do número dele reagir assim".

Margarida Santos Jorge

Anónimo disse...

Eu tenho curiosidade de saber como funciona o eneagrama,mas não para o aplicar em mim. Isto porque o Pe. Malachi Martin dizia que o ele (o eneagrama) é algo mau e que abre alma para o demônio; não exatamente com essas palavras, mas o sentido é o mesmo.

Anónimo disse...

Tem um vídeo com algumas citações do livro "Hostages to the devil", do Pe. Malachi Martin. Nesse vídeo, há uma citação interessante do padre sobre o eneagrama. Está a partir do min. 1:20.

For Catholics Only-Malachi Martin-Some Quotes From "Hostage to the Devil"
https://youtu.be/VCT_ygBMoU4

Basto disse...

Já o Santo Padre, por sua vez, acha que é uma coisa boa...
https://youtu.be/ge0MyHcFYxY

Anónimo disse...

Devemos ser realistas. Até mesmo um Papa pode se enganar. A maioria das opiniões em relação ao eneagrama são mais negativas que positivas.

Anónimo disse...

O Papa Francisco dá opiniões muito polêmicas que podem ser mal entendidas. A última foi sobre tatuagens. É claro que existem tatuagens que são inofensivas, mas, quantas pessoas, a partir do pretexto de que tatuagens não fazem mal, não vão fazer tatuagens que contém um riscos; por exemplo, tatuagens com significado anticristão,New Age, etc??

Veja!

https://oglobo.globo.com/sociedade/religiao/papa-francisco-diz-jovens-padres-para-nao-terem-medo-de-tatuagens-22514650

Anónimo disse...

Eu tenho esse livro do Pe. Duarte que você citou (edição brasileira). Em Portugal, ele saiu (foi publicado) com o título: "Deus Está a Salvar-me...e a Libertar-me de Todo o Mal". A propósito, muito bom livro!

Anónimo disse...

Sobre o documento do Vaticano sobre a Nova Era (New Age), é uma pena que não seja mais editado em português. Alguns anos atrás um padre religioso, de uma Ordem religiosa, me disse que o tinha lido, publicado por uma grande editora católica. Hoje, infelizmente, esse editora não publica mais a tradução desse documento.

Anónimo disse...

Gosto de ouvir as pregações do Pe. Duarte no seu canal no Youtube. Pena que ele ande meio sumido por lá; não anda postando novos vídeos... :-(

Anónimo disse...

O Papa não se enganou. É só ver o vídeo inteiro (e não só uma rasteirada do contexto) que se pode perceber que ele está falando justamente dos perigos e das confusões que se pode fazer.