sexta-feira, 9 de maio de 2014

Kirsten Dunst ofendeu as mulheres, dizem as feministas

O mundo feminista rasgou as vestes, como nos tem vindo habituando a fazer, porque a actriz Kirsten Dunst ousou fazer esta afirmação numa entrevista:

"Acho que o feminino tem sido um pouco subvalorizado. Todas temos que ter os nossos empregos e ganhar o nosso dinheiro, mas ficar em casa, educando, sendo mãe, cozinhando, é uma coisa valiosa que a minha mãe fez. E às vezes, tu precisas do teu cavaleiro com uma armadura reluzente. Peço desculpa. Precisas que o homem seja homem e que a mulher seja mulher."

As indignações sucederam-se e os insultos também. Dizem que quer mandar as mulheres para a cozinha, que quer voltar ao papel tradicional de homem e mulher, que ofendeu milhões de pessoas com esta frase, etc...

Alguém daqui se sentiu ofendido?

João Silveira


blogger

3 comentários:

Chico Ferreira disse...

Muito bem comentado!

Antónimo disse...

Tudo é permitido excepto a verdade.

Joicy Britts disse...

Ofendida eu deveria ficar quando meus sócios me dizem que no trabalho, às vezes, pareço mais "macho" do que todos, hahahahahaha. Valha-me Cristo! Eu AMO ser uma mulher forte, dona do meu nariz, dona do meu dinheiro, dona da minha empresa e tudo o mais que isso se desdobra! Mas, se tem uma verdade é que eu AMO a idéia de ser sensível, ser protegida, agradar alguém com minha habilidade de cozinhar e com a idéia de oferecer toda a doçura que possa haver em mim com meu instinto materno. Algumas vezes me pego pensando que tais feministas tem algo interno com suas emoções e autovisão muito mal resolvidos…