quinta-feira, 18 de maio de 2017

Roubo de Hóstias em Fátima no dia 13 de Maio de 2017


Neste vídeo vemos um indivíduo que recebe a Sagrada Comunhão na mão, finge que põe a Hóstia na boca e, poucos segundos depois, percebemos que tem ainda Nosso Senhor Sacramentado na sua mão e O leva embora, sabe-se lá com que propósito. 

 A comunhão na mão é um indulto. Quer isto dizer que a forma normal de comungar é na boca. A comunhão na mão foi tolerada por causa dos abusos que começaram, depois do Concílio Vaticano II, na Holanda. Por ser apenas tolerada, e nunca recomendada, a comunhão na mão deve ser suspensa sempre que se verificam riscos de roubos da Sagrada Comunhão, como acontece quando o número de pessoas para comungar é grande. 

 A comunhão na mão tem de ser proibida! Nosso Senhor não pode continuar a ser maltratado como acontece hoje em dia na Sua Igreja! Rezemos em "reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido".


blogger

7 comentários:

Nuno Melo Sampaio Soares disse...

É o resultado de muitos padres na Comunhão não pensarem mais que este "acto" de dar a comunhão é Sagrado e não funcional. É Cristo Nosso Senhor que está ali, presença real na espécie do pão e do vinho.Uns claramente por acção(intencional), outros por omissão dos seus mais elementares deveres, se não litúrgicos, pelo menos para Cristo Cruxificado. Infelizmente é a banalização da Comunhão como acto litúrgico, quando deverá ser sempre uma "VIVENCIA SAGRADA - RECEBER CRISTO NOSSO DEUS E NOSSO PAI"

Anónimo disse...

Na verdade, o que precisamos é que os ministros sejam mais atentos para que tais furtos não aconteçam, e não impor que a comunhão só seja recebida na boca. Afinal de contas, na própria instituição da Eucaristia, o próprio Cristo nos disse "Tomai e comei", e não "Abram a boca e comei".

francisco disse...

Perdoai Senhor o vosso povo.

Iluminai-nos para que a comunhão na boca seja a mais habitual e Vos recebamos com a máxima reverência e amor.
Enviai a Vossa luz para que abandonemos a comunhão na mão, e ajoelhados como o Anjo nos ensinou Vos recebamos.

Anónimo disse...

De facto parece ter feito isso. Mas eu mesmo, depois de comungr na mão tenho o hábito de fechar a mão, até porque às vezes podem ficar pequenos "pedaços" da partícula, e as tomo quando já estiver mais recolhido. A verdade é que no dia disseram "comungar à frente do ministro, e só depois se retirar", mas infelizmente nem todos cumpriram... Que o Senhor perdoe se de facto isso aconteceu.

Anónimo disse...

Então e quem filmou não podia ter ido atrás daquele senhor?!

Unknown disse...

Na verdade devemos reverenciar mais o Rei doa reis! Quando Jesus disse "Tomai e comei" se tomardes atenção às escrituras antes da ceia purificaram as mãos e não só. Ao tomardes Jesus nas mãos purificastes as tuas mãos antes? Qualquer sacerdote ou ministro da comunhão purifica as mãos antes de tocar no Senhor. E ao receberes o Rei dos reis nas vossas mãos, tendes a certeza de que o comungastes totalmente?

Anónimo disse...

Ambas as formas possuem inconvenientes e em qualquer delas pessoas menos bem intencionadas podem roubar a hóstia. Rezar para que isso não aconteça pode ser uma boa forma.