quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Será que este texto é do Papa Francisco?

Circulam na internet os mais variados textos com a assinatura do Papa, mas que não foram escritos/ditos pelo Papa.

Assim de repente lembro-me do texto que começa com: “Precisamos de santos sem véu ou batina” e continuava por aí adiante. Este texto dizia-se proveniente duma “Carta do Papa João Paulo II aos jovens”, carta essa que nunca existiu. Depois de alguma investigação cibernética, percebe-se que esse texto foi inventado algures no Brasil e que se espalhou como fogo quando associado à figura de João Paulo II. Como o fogo parecia extinguir-se, alguém resolver inventar que afinal o texto é do Papa Francisco e eis que o fogo voltou a arder. 

No Verão surgiram as “10 lições de vida do Papa Francisco”, mas que não incluem uma única citação do Papa. 

Mais recentemente apareceu um texto que começa assim: “Não chores pelo que perdeste, luta pelo que tens. Não chores pelo que está morto, luta por aquilo que nasceu em ti...” Também assinado pelo Papa Francisco. Este texto já deu voltas e voltas à internet nos últimos anos, pelo menos em inglês, mas agora alguém resolveu dizer que foi escrito pelo Papa. 

Existem outros textos bem mais nocivos, como um que tem sido bastante divulgado com o título: “We Will Have A Woman Pope One Day”. Cita uma suposta carta aberta do Papa Francisco ao fundador do jornal 'La Repubblica', Eugenio Scalfari, onde o Papa teria dito: 

- Que todas as religiões são verdadeiras, é indiferente qual a que se professe; 
- Que é tudo igual: homossexualidade, heterossexualidade, ser a favor do aborto, ser contra o aborto, ser comunista, etc… 
- Que a Igreja vai começar a ordenar mulheres cardeais, bispos, padres e um dia até uma mulher será Papa. 

Temos que ter cuidado quando partilhamos um texto que aparece associado ao Papa Francisco, porque podemos estar a enganar as pessoas que vão ler o texto. Já vimos que existem pessoas com más intenções a usar a imagem do Papa para confundirem os mais incautos, por isso convém verificar as fontes antes de assumir que o texto é verdadeiro. 

Hoje em dia temos mais acesso ao que diz o Papa do que em qualquer outro momento na história da Igreja. São quase sempre palavras pertinentes que nos ajudam a perceber o que podemos melhor nas nossas vidas para amarmos mais a Deus e ao próximo. Qual é a necessidade de inventar coisas que o Papa não disse?

João Silveira




blogger

11 comentários:

Anónimo disse...

Não entendi a parte do "bem mais nocivos"...
Não tem nada de nocivo neste texto, e não importa muito se não foi escrito pelo Papa Francisco. A mensagem é ótima, poderia ser dele mesmo.

João Silveira disse...

Isso parece o slogan do Inimigo Público: "Se não aconteceu, podia ter acontecido"

Antónimo disse...

Ó anónimo, precisas que faça um desenho ou és apenas um mau entendedor?

josé luis oliveira gonçalves disse...

a midia liberal e as pessoas que infelizmente ja perderam a fe e apostataram desejam uma igreja socialista sem dogmas uma fe a la cart mas a igreja foi fundada pelo filho de DEUS jamais se ira afundar

Anónimo disse...

"E as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas de modo nenhum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos. Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido." Do Capítulo 10 do Evangelho de São João.
Quem conhece o seu Pastor percebe que esse texto não é Católico. Embora o texto seja otimista, ele tem um fundamento materialista. O autor, que com certeza não é o Papa Francisco, tem a solução dos problemas da vida com um olhar para este mundo.
Para a dor e o sofrimento, o texto indica a esperança de dias melhores não a Esperança apontada por Jesus no Sermão da Montanha, onde os que choram serão consolados pelo Senhor, os que sofrem serão aliviados pelo Senhor, os que são odiados herdarão o Reino dos Céus. Nada contra o texto em si, mas os católicos tem sua Esperança no Paraíso, no Céu, não uma esperança material que é apenas uma expectativa de dias melhores nesta vida mesma. Vida que é apenas uma noite mal dormida em um hotel de beira de estrada, como dizia Santa Tereza de Ávila.

Cesar Alves disse...

Sim, tolinho, o texto é lindo, mas o que se discute aqui é a falsidade da autoria. Sempre que pretendemos dar legitimidade a um texto ou a uma fala atribuindo-o falsamente a outrem, estamos incorrendo em falsidade. Se a ideia é boa e bela não necessita ser atribuída a um autor famoso, pois ela, por si só, se sustenta. Ocorre que algum católico, no afã de promover a sua religião, afirmou que a frase era do Papa e isto sim, é uma coisa idiota de se ver. O problema é só esse. Poderia ser do Papa, mas não é, e quem gosta da verdade não precisa recorrer a truques como esse para validar as suas afirmações. Sejamos honestos e fujamos das ilusões e tudo ficará
mais claro em nossas vidas.

Anónimo disse...

A graça vem de Deus e não da luta do próprio homem. É estranho que um papa não mencione Deus (ou algum santo) em nenhuma parte de sua oração. Portanto, se são belas palavras não sei, mas não uma oração cristã.

Anónimo disse...

Me diga onde ou melhor em qual parte do evangelho Jesus diz, eu disse Jesus, que é para construir igrejas? Ele era contra as sinagogas e o comércio na religião. Jesus não criou igrejas sua msg foi totalmente deturpada pelos homens e seu evangelho ficou em segundo lugar. Amigo junte todas as palavras de jesus do evangelho e reflita vc vai ter uma revelação.

Anónimo disse...

Não é difícil ser feliz, basta entender q cm Jesus no �� a gente é feliz galatas 5:22,23, filipenses4:3. Se vivo, é pra Cristo, se morro é p Cristo galatas 2:20, pq viver p mim é ganho (Cristo) e morrer é lucro filipenses 1:21. Resumindo nunca perco, pq Jesus disse eu venci o mundo joão 16:33.

Cristina Ribas disse...

O Papa nunca escreveria um texto desta natureza até porque... não é cristão...

Quando li, este e outros textos, disse de imediato que a autoria não é do Papa Francisco por ser demasiado mundano, o que está bem espelhado, por exemplo, em "Não chores por quem te abandonou, luta por quem está contigo. Não chores por quem te odeia, luta por quem te quer." Deixo a versão integral para relermos e pensarmos se acreditamos mesmo que este seja o cerne da mensagem cristã...

"Não chores pelo que perdeste, luta pelo que tens. Não chores pelo que está morto, luta por aquilo que nasceu em ti. Não chores por quem te abandonou, luta por quem está contigo. Não chores por quem te odeia, luta por quem te quer. Não chores pelo teu passado, luta pelo teu presente. Não chores pelo teu sofrimento, luta pela tua felicidade. Com as coisas que vão nos acontecendo vamos aprendendo que nada é impossível de solucionar, apenas siga adiante."

Anónimo disse...

Não importa se não são nocivos, se são palavras e mensagens bonitas, se não são da autoria dele não devem dizer que são.