sábado, 22 de fevereiro de 2014

Papa Bento XVI presente no primeiro consistório do Papa Francisco


A maior surpresa da cerimónia de hoje de manhã na Basílica de São Pedro foi a presença do Papa Bento XVI.

Neste dia da Cátedra de São Pedro, a Igreja ganhou 19 novos Cardeais (16 deles eleitores), vindos de várias partes do mundo. O novo Secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin, foi escolhido para dirigir algumas palavras no início da cerimónia, com as quais agradeceu ao Papa Francisco a confiança depositada nestes novos cardeais e reflectiu sobre as obrigações que advêm com a honra recebida.

No entanto, no início do seu discurso, agradeceu a presença do Papa Bento XVI, que de seguida foi aplaudido por toda a Basílica Vaticana. Quando renunciou ao papado, há cerca de 1 ano, Bento XVI deu a entender que desapareceria da cena pública, vivendo em clausura no Mosteiro Mater Ecclesiae, dentro dos muros do Vaticano.

Mas com o passar do tempo, e a notável melhora das suas capacidades físicas, o Papa Bento XVI tem sido visto cada vez mais vezes e hoje, para surpresa de muitos, esteve presente no primeiro consistório do Papa Francisco.

São momentos históricos estes que presenciamos, e seriam impensáveis ainda há poucos anos atrás. Veremos o que mais nos reserva esta situação invulgar de termos um Papa "activo" e outro "passivo".



blogger

3 comentários:

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Titta Maurício disse...

Eu não apodaria SS Bento como "passivo". Antes diria que, para muitos, é a nossa "reserva", um "suplemento" ou "complemento" de clareza e fidelidade na fé... ;)

Cristina Ribas disse...

João, um verdadeiro exemplo para o mundo, do que significa "serviço". Quando não somos nem de Pedro nem de Paulo nem de Apolo mas todos pertencemos a Cristo, todas as "convivências" não só são possíveis como desejáveis. O Papa Emérito Bento XVI tem muito a dar sem que isso signifique menorização do Papa Francisco.