sábado, 20 de junho de 2015

11 coisas que não vão ouvir sobre a encíclica do Papa Francisco

A versão oficial da eco-encíclica do Papa Francisco Laudato Si (LS) foi publicada há poucos dias. Enquanto os media se vão focar nas partes dedicadas às mudanças climáticas e ao aquecimento global, há onze coisas na encíclica que provavelmente ninguém vai ver nos cabeçalhos das notícias:

(1) A Criação tem um Criador e é mais do que apenas "natureza-mais-evolução" (LS 75, 77);

(2) Ecologia humana significa reconhecer e valorizar a diferença entre masculinidade e feminilidade (LS 155);

(3) Jesus santifica o trabalho humano (LS 98);

(4) Tirem os olhos dos telefones e encontrem-se uns aos outros (LS 47);

(5) Salvem os bébés humanos (LS 91, 120, 136);

(6) Ajudar os pobres requer mais do que simples esmolas (LS 128);

(7) A sobrepopulação não é o problema (LS 50);

(8) A verdadeira ecologia precisa de uma verdadeira antropologia e respeito pela dignidade humana (LS 65, 118);

(9) Uma mudança real precisa de uma mudança na cultura e não apenas na política (LS 123, 211);

(10) A Igreja não quer resolver questões científicos e precisamos de um debate honesto e aberto (LS 60, 118);

(11) Acabem com o cinismo, o secularismo e a imoralidade (LS 229).



blogger

2 comentários:

Anónimo disse...

Só um reparo. Em esta frase:
A Criação tem um Criador e é mais do que apenas "natureza-mais-evolução" (LS 75, 77);

Esta frase é altamente ambígua e dá a entender que a Igreja aceita como verdade a teoria cientifica da evolução das espécies (com as devidas alterações para que tenha a participação do Criador).

Este tipo de afirmações, no meu ver, não deviam ser feitas porque o evolucionismo não passa de uma teoria cientifica que não foi provada pelo método cientifico e existem muitos cientistas de renome que a consideram impossível. A aceitação de tal teoria leva à confusão porque põe em causa algumas partes do Génesis e em última análise põe em causa a própria origem do pecado original.

Penso que o Papa não se devia meter nestas questões. Mas sim naquelas que têm a ver com a salvação das almas.

(1Cor1, 19:21)
Pois está escrito:
"Destruirei a sabedoria dos sábios
e rejeitarei a inteligência dos inteligentes."
Onde está o sábio? Onde está o letrado? Onde está o investigador deste mundo? Acaso não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?
Pois, já que o mundo, por meio da sua sabedoria, não reconheceu a Deus na sabedoria divina, aprouve a Deus salvar os que crêem, pela loucura da pregação.


Jose gonçalves disse...

e verdade a santa igreja nao ensina a evoluçao que e apenas uma teoria que nunca foi provada pelo contrario todas as evidencias cientificas apontam o contrario mas falando da enciclica laudato si e um documento muito cristao em que o santo padre nos chama a sermos menos materialistas e ou mesmo tempo desmonta todos os movimentos ecologicos marxistas e seculares reafirma que a defesa do aborto e incompativel com uma verdadeira defesa da criaçao enfim um documento na TRACIÇAO da igreja