sexta-feira, 5 de junho de 2015

As 6 excomunhões cujo levantamento está reservado à Santa Sé

Existem alguns pecados que, pela sua especial gravidade, são punidos com a excomunhão automática, latae sententiae. O aborto é um deles. Normalmente esses pecados podem ser perdoados e a pena medicial, a excomunhão, levantada pelo bispo local. Mas existem 6 que são reservadas à Santa Sé, como explica o Código de Direito Canónico:  

Cân. 1367 — Quem deitar fora as espécies consagradas ou as subtrair ou retiver para fim sacrílego incorre em excomunhão latae sententiae reservada à Sé Apostólica; o clérigo pode ainda ser punido com outra pena, sem excluir a demissão do estado clerical

Cân. 1370 — § 1. Quem usar de violência física contra o Romano Pontífice, incorre em excomunhão latae sententiae reservada à Sé Apostólica; se o delinquente for clérigo, pode acrescentar-se outra pena segundo a gravidade do delito, sem excluir a demissão do estado clerical.

Cân. 1382 — O Bispo que, sem mandato pontifício, conferir a alguém a consagração episcopal, e também o que dele receber a consagração, incorrem em excomunhão latae sententiae reservada à Sé Apostólica.

Cân. 1378 — § 1. O sacerdote que agir contra a prescrição do cân. 977 (Absolvição do cúmplice em pecado contra o Sexto Mandamento, ou seja um pecado contra a castidade), incorre em excomunhão latae sententiae reservada à Sé Apostólica.

Cân. 1388 — § 1. O confessor que violar directamente o sigilo sacramental, incorre em excomunhão latae sententiae, reservada à Sé Apostólica; o que o violar apenas indirectamente seja punido segundo a gravidade do delito.

Além destes, a Congregação para a Doutrina da Fé acrescentou mais um pecado que tem como consequência a excomunhão automática reservada à Santa Sé: Tentar a ordenação sacerdotal de uma mulher.


blogger

6 comentários:

Anónimo disse...

Alguém me podia explicar o antepenúltimo ponto se faz favor?

Alessandra Vitor disse...

eu não entendi o que significa: Cân. 1378 — § 1. O sacerdote que agir contra a prescrição do cân. 977 (Absolvição do cúmplice em pecado contra o Sexto Mandamento, ou seja um pecado contra a castidade), incorre em excomunhão latae sententiae reservada à Sé Apostólica.
Alguém explica?

Anónimo disse...

Cúmplice de pecado grave contra o sexto mandamento. Ou seja, a amante do padre se confessa com o mesmo padre; se o padre der a absolvição, o padre é excomungado e a absolvição é nula.

Anónimo disse...

Cúmplice de pecado grave contra o sexto mandamento. Ou seja, a amante do padre se confessa com o mesmo padre; se o padre der a absolvição, o padre é excomungado e a absolvição é nula.

Danilo Carreiro disse...

O Código de Direito Canônico n.977 diz: "Exceto em perigo de morte, é inválida a absolvição do cúmplice em pecado contra o sexto mandamento do Decálogo."

Anónimo disse...

Aki o código quis dizer que se um sacerdote comete uma fornicação por exemplo, e a mulher vem se confessar com ele após o ato, os dois são excomungados, além da confissão ser inválida. :D