segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Entrar no Sínodo da Família - Conselhos Senza Pagare

[Este post foi actualizado no dia 7 de Outubro de 2015]

Começou ontem o tão esperado Sínodo da Família. Todos escrevem sobre este assunto, cada autor de maneira diferente e com opiniões opostas uns aos outros. E ainda assim há sempre uma pergunta que fica por responder: O que podemos fazer?

Muitos de nós não somos padres sinodais, nem Bispos ou sacerdotes, nem sequer temos um único cargo na hierarquia da Igreja - porque somos normais e estamos no meio do mundo. Será que podemos ajudar a Igreja e o Papa neste momento?

Sim, claro que podemos. Este mês de Outubro, do Sínodo, é uma excelente oportunidade para crescer em imensas virtudes humanas e cristãs. Por exemplo, podemos crescer...
... na virtude da Fé (acreditando na Divina Providência de Deus a guiar o Sínodo e a Igreja),
... na virtude da Esperança (com a certeza de que a doutrina não será alterada),
... na virtude da Caridade (não julgando aqueles que pensam de maneira diferente),
... na virtude da Piedade (rezando como verdadeiros Filhos de Deus pelo Papa e a Igreja),
... na virtude da Penitência (fazendo sacrifícios pelo Sínodo e pelo Papa),
... na virtude da Prudência (pensando nas coisas antes de falarmos ou falando quando temos que falar),
... na virtude do Estudo (estudando e lendo sobre a doutrina Católica e a família).

E tantas outras virtudes que se podiam aqui enumerar. Mas queria ficar pela última. O estudo, ou studiositas, como ensina S. Tomás, é uma virtude muito própria do Catolicismo. O estudo das ciências (humanas ou exactas) sempre foi algo muito protegido e impulsionado em toda a História da Igreja. Mais ainda, um Santo é alguém que é profundo no olhar que tem sobre o mundo, algo que só se obtém com o estudo.

Para aprendermos mais sobre a família e o que a Igreja sempre ensinou e ensina sobre ela, há livros óptimos que devem ser lidos agora especialmente. A maior parte está em inglês, mas há também alguns em português. Aqui está a lista:


Este livro saiu já há mais de um ano e é o livro base dos tempos de hoje em questões sobre o Matrimónio na Igreja.
É uma defesa muito bem documentada da doutrina de sempre da Igreja, onde se explica porque é que as pessoas recasadas não podem receber a Sagrada Comunhão.

O livro é escrito por 5 Cardeais e outros académicos de renome. Entre eles encontra-se o Cardeal Burke, o Cardeal Caffarra e o Cardeal Muller, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé.

O livro foi originalmente publicado pela Ignatius Press, mas já está traduzido para português: comprar aqui.

Primeiro livro totalmente dedicado à Teologia do Corpo escrito em português, pelo Pe. João Paulo Pimentel. Pode parecer que não tem muito a ver, mas as questões da família e da sexualidade (temas muito discutido no Sínodo) foram amplamente explicadas por S. João Paulo II e estão incluídas neste livro com capítulos inteiros dedicados a isso. Tudo é mais simples do que parece.

Demos notícia do livro aqui, onde tem as informações para o comprar.

Este pequeno livro, no formato de perguntas e respostas, explica tudo o que quiserem saber sobre o Sínodo da Família, a sociedade dos dias de hoje e as respostas que a Igreja deve ou não deve dar ao mundo.

O livro explica bem a relação entre doutrina e pastoral e se se podem contradizer ou não.

É escrito por três grandes bispos, um deles é o D. Athansius Schneider, Bispo no Cazaquistão.
O livro pode ser encontrado grátis aqui.

Este é um livro que saiu há cerca de três meses, também publicado pela Ignatius Press.

São textos escritos por Bispos do continente africano sobre os temas tratados no Sínodo da Família. São cinco cardeais e mais de 40 bispos a defender a doutrina tradicional da Igreja sobre o matrimónio: entre um homeme uma mulher e indissolúvel.

Neste livro, explica o Cardeal Sarah, diz-se que os Bispos de África falarão com uma só voz: a da Igreja e a de sempre.
Pode ser comprado aqui.
11 Cardeais da Igreja Católica explicam porque é que a doutrina tradicional da Igreja não deve ser alterada no que toca à família.

É um livro escrito de um ponto de vista pastoral. Ou seja, defende-se que a melhor forma para atrair as pessoas para a Igreja é não alterar a doutrina. Neste livro os Cardeais explicam como o fazer. É escrito por nomes como o Cardeal Varela, de Madrid, ou o Cardeal Meisner, de Colónia.

Publicado pela Ignatius Press, pode ser comprado aqui.
Um livro entrevista ao Cardeal Muller, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé publicado pela Ignatius Press.

Este é o Cardeal que está apenas abaixo do Papa no que toca à guarda da Fé. Neste livro o Cardeal Muller insiste na misericórdia e na compaixão mas sem tocar na doutrina de Jesus sobre o divórcio.

O livro pode ser comprado aqui.
Mais outra publicação inédita da Ignatius Press. O prefácio é escrito pelo Cardeal Pell, um dos Cardeais do conselho mor formado pelo Papa Francisco para reformar a Cúria.

Apresenta-se aqui uma hipótese para resolver os problemas actuais sobre a família. Mas é uma hipótese menos superficial que a simples sugestão do Cardeal Kasper de que as pessoas recasadas poderiam receber também a Comunhão.

O livro pode ser comprado aqui.
Também publicado pela Ignatius Press.

Um livro com textos recolhidos por Janet Smith, uma das maiores especialistas de Teologia do Corpo nos Estados Unidos. Sem aceitar como moralmente bons os comportamentos homossexuais, o livro propõe alternativas para lidar com as pessoas que têm estas tendências e como as ajudar a ser Santas em fidelidade à doutrina da Igreja.

Pode ser comprado aqui.



É importante que, como Cristãos, estejamos informados sobre o que ensina a Igreja sobre a Família e o que se está a passar no Sínodo dos Bispos.

Podem encontrar aqui no blog Senza uma fonte segura de informação sobre o que se passa em Roma nestes dias, através do link para todos os posts relacionados com este tema: Sínodo sobre a Família.


blogger

2 comentários:

Jose gonçalves disse...

seria bom muitos dos bispos do sinodo lerem esses livros como nos todos e claro um abraço senza pagare

Joao disse...

Muito obrigado.
Uma lista muito útil.