quinta-feira, 17 de março de 2016

Presidente de Portugal em visita ao Estado do Vaticano

Marcelo Rebelo de Sousa, recém-eleito Presidente de Portugal, escolheu o Vaticano como o primeiro Estado para visitar, depois da sua tomada de posse. Se muitos católicos o criticaram, com toda a razão, pela linguagem dúbia que usou durante a campanha eleitoral, quando comentou algumas questões morais de grande importância nos nossos dias, devem também elogiá-lo por esta escolha. 

As relações com a Santa Sé devem ser valorizadas. Portugal (ainda) é um País católico, mais que não seja historicamente e culturalmente, e deve continuar a sê-lo, sob pena de perder a sua identidade e navegar pelos mares da imoralidade. Infelizmente esta tem sido a rota percorrida nas últimas décadas. Rezemos para que seja invertida enquanto é tempo.


blogger

3 comentários:

José Lima disse...

Infelizmente, não sei se se poderá afirmar que Portugal ainda é um país culturalmente católico (foi-o historicamente, sem dúvida nenhuma)... Os católicos praticantes (e por praticantes qualifico os que vão à Missa todos os Domingos e dias santos de guarda, e se confessam ao menos uma vez por ano)constituirão hoje não mais de 20% do total da população nacional, sendo certo que em algumas dioceses do Sul, como Setúbal, a sua percentagem é absolutamente ínfima (menos de 5%).

José Lima disse...

Se o país fosse realmente católico, com um eleitorado católico cônscio dos seus deveres, vigoraria no nosso ordenamento jurídico a legislação que vigora sobre o divórcio, o aborto, as uniões de pares de homossexuais e a adopção de crianças por aqueles?.. Ou, por outro lado, estaríamos saturados até à exaustão por todo o tipo de espectáculos impuros e imorais, desde os chamados "reality shows" até aos salões ditos eróticos onde a pornografia corre desenfreada?.. Parece-me bem que não...

Jose gonçalves disse...

JOSE LIMA PARABENS EIS UM VERDADEIRO CATOLICO QUE DEUS TENHA PIEDADE DE TODOS NOS MISERAVEIS PECADORES UM ABRAÇO JOSE LIMA CONTINUE FIEL A CRISTO NA UNICA IGREJA E RELIGIAO VERDADEIRA A SANTA IGREJA CATOLICA