terça-feira, 29 de novembro de 2016

Cardeal do Bangladesh faz gesto de humildade por reverência a Bento XVI

O beija-pé foi a saudação normal que a etiqueta e protocolo papal prescrevia para os fiéis apresentados ao Papa em audiência privada. Os fiéis deviam ficar ajoelhados e beijar a cruz de ouro bordada em seu sapato (o múleo). O costume iniciou-se em meados do século VI como demonstração de veneração ao Papa como Vigário de Pedro. Durante a maior parte da história, o beija-pé foi um símbolo de respeito e submissão ao papa.

Na imagem vemos recém-criado Cardeal do Bangladesh, Msgr. Patrick D'Rozario, Arcebispo de Dhaka a tocar com a mão que beijou, no pé do Papa Bento XVI.


blogger

1 comentário:

Anónimo disse...

O meu gato ia gostar dessas rendas