sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

D. Gina, uma vida ao serviço da Capela da Universidade Católica

Foi das primeiras pessoas que conheci quando entrei para a Universidade Católica e estará para sempre ligada às vidas de dezenas e dezenas de professores, funcionários e alunos. Conhecia-a na mesma capela onde vi pela primeira vez o meu marido, e acompanhou a nossa história de perto.

Sempre presente, bem vestida, perfumada, as mãos cuidadas e delicadas, reflexo pálido da delicadeza e amor que punha em tudo quanto fazia, e que bem escondiam muitos trabalhos pesados que fez ao longo de muitos anos de serviço àquela instituição. Sempre de coração aberto, verdadeiramente boa, foi com a D. Gina que aprendi a rezar o terço da misericórdia, que sempre rezava às três da tarde. 

Cuidava de todos nós como se de um filho se tratasse -incluindo o capelão. Hoje, o sacerdote na Missa referia os “enxovais” que preparava para os seminaristas, por quem tinha especial carinho – também nós, quando nos casámos, recebemos um enxoval da D. Gina, cheio do seu amor. A sua presença maternal, a sua voz sempre amável, as suas palavras bondosas - tudo isto deu, de tudo teremos saudades.

Morreu na capela que era “sua”, a fazer o que fez tão bem, toda a vida, a tratar de Jesus. Estava por perto quando soube da notícia e não resisti a ir lá para rezar naquele local que tanto nos diz. Estava lá o presépio, tão bonito, que todos os anos fazia, as flores arranjadas, as alfaias litúrgicas polidas e engomadas, a casa do Senhor que brilha como aquela alma. 

Ajoelhada, rezei e agradeci profundamente o dom da sua Vida, e procurando algum consolo, dirigi-me a um pequeno cesto na entrada, com frases de Santos para o Advento. Calhou-me esta, de S. Adalberto:

“Não estejais tristes. Sabeis que sofremos pelo nome do Senhor, cujo poder esta acima de todo o poder, cuja beleza supera toda a formosura, que tem autoridade inexprimível e bondade inefável. Na verdade, que há de mais belo e mais delicioso que dar a vida pelo dulcíssimo Jesus?”

A D. Gina sabia isto melhor do que ninguém.

Catarina Nicolau Campos


blogger

2 comentários:

Maria Luiz-Gomes de Castro disse...

Catarina,
que bonita homenagem! Sabes quando e onde são as missas fúnebres?

obrigada,
Maria

Maria Luiz-Gomes de Castro disse...

Catarina,

que bonita homenagem! Sabes quando e onde são as missas fúnebres pela alma da D. Gina?

obrigada e bjs,
M.