quinta-feira, 16 de março de 2017

Ajoelhar: uma coisa do passado?

“É notório que ajoelhar-se é um acto estranho para a cultura moderna – enquanto cultura que se afastou da Fé, e já não conhece Aquele diante do qual o estar de joelhos é a postura devida e necessária.
 
Quem aprende a crer aprende também a ajoelhar-se. Uma Fé ou uma Liturgia que já não conhece o ajoelhar-se tem o seu núcleo (o seu coração) doente. Nos lugares onde se perdeu, o acto de ajoelhar deve ser recuperado.”

Cardeal Ratzinger (Papa Bento XVI), in Introdução ao Espírito da Liturgia


blogger

Sem comentários: