sábado, 6 de maio de 2006

Que entusiasmo pomos nas coisas de Jesus?

Hoje na missa, a propósito da 1ª leitura (conversão de S. Paulo), o Pe Paulino comentava que o que mais lhe agradava em S. Paulo era o facto de este ter canalizado todas as suas energias para uma causa justa (proclamar o Evangelho), depois de as ter usado para uma causa injusta (perseguir os cristãos). O que importa sublinhar é que, mal Paulo decidiu ser amigo de Jesus, fez a Sua vontade com todo o seu entusiasmo.
O Pe Paulino comparava a atitude de S. Paulo com as nossas nos dias de hoje, exemplificando: somos capazes de ficar horas e horas no café, mas custa-nos perder uma hora para ir à missa; tentamos convencer eloquentemente os outros de causas fúteis, mas qdo se trata de falar de Jesus falamos baixinho ou nem sequer falamos.
Está tudo ao contrário! 'Bora ter alegria e entusiasmo quando falamos dAquele que nos salvou! =)


blogger

5 comentários:

Senzhugo disse...

Muito bem. Sò tenho uma dúvida: é S. Paolo Fuori le Mure?
Seeeeeeeeeeeenza!!

João "o discípulo amado" Silveira disse...

mto bom post, nocas! Tudo sem medo de evangelizar..é o nosso dever, é a nossa salvação.

Duarte 16 disse...

Apoiado! Há muito medo, há vergonha e há preguiça! Há muita conversa e pouca acção, muito sonho e pouca realidade!
Há muita incoerencia e pouco espírito verdadeiro de sacrifício.
Há muita coisa mal. Mas há Jesus. E isso basta, se nos juntarmos a Ele. Doi imenso, mas vale a pena!

nocas disse...

E se amas... Dá até doer! já dizia a Madre Teresa!

João "o discípulo amado" Silveira disse...

Bem dito, padrinho!